Select Menu

Mariologia Bíblica

Artigos

Maria no Culto

Iconografia

Maria nos Dogmas

Perpétuo Socorro

Orações Diversas

Po Polsku

Mensagem final MRL

CENTRO MISSIONÁRIO REDENTORISTA
Rua Almeida Sande, 36 – Barris
40070-370 Salvador – BA
tel. (71) 3328-7461, e-mail: centromissionario@outlook.com

Mensagem final

“...enviou-me para proclamar a remissão aos presos...” (cf. Lc 4, 18)

Às missionárias, aos missionários redentoristas leigas e leigos,
aos confrades missionários redentoristas,
e aos formandos e vocacionados para a vida missionária,
Com a graça de Deus, no clima das celebrações dos 300 anos de Aparecida e o Jubileu dos 25 anos do trabalho com o Missionários Redentoristas Leigos, foi realizada a VIII Assembleia dos MRL da Bahia, nos dias 13, 14 e 15 de outubro de 2017, no Centro Missionário Redentorista, em Salvador- BA. O tema escolhido foi “Missionários Redentoristas Leigos numa igreja ‘em saída’ a exemplo de Maria”. Teve como objetivo avaliar a caminhada dos núcleos; partilhar as experiências vividas e motivar para a missão no mundo ferido (cf. Mensagem final do XXV Capítulo Geral na Tailândia, 2016). Participaram os representantes dos seguintes núcleos: Santo Afonso -  Salvador;  São Clemente – Senhor do Bonfim; São Geraldo – Feira de Santana e São João Neumann – Jequié.
Entre as orações e convivência fraterna foram apresentados os relatórios das atividades dos últimos três anos; bem como o questionário respondido de modo comunitário e as propostas missionárias junto com planejamento para o triênio 2018-2020. O superior Vice Provincial, Pe. Roque Silva falou sobre: “Os redentoristas leigos no mundo ferido” e Pe. Antônio Niemiec sobre “A Igreja em saída segundo o papa Francisco”. A organização geral ficou por conta do Pe. Pedro Gruzdz, como o coordenador do Centro Missionário Redentorista e o Pe. José Grzywacz como o referencial dos MRL na Bahia.
Nós, missionários(as) redentoristas leigos (as) somos gratos a Congregação Redentorista pela formação recebida, pela possibilidade de podermos beber na fonte da espiritualidade alfonsiana e de participar de várias ações missionárias, especialmente as Santas Missões Redentoristas.
Expressamos a nossa preocupação com a ausência de trabalho organizado e sistemático, com os MRL,  nas comunidades, paróquias e santuários atendidos pelos missionários redentoristas no estado da Bahia. Queremos nos esforçar para ampliar mais os nossos núcleos em qualidade e quantidade, especialmente em envolver mais os jovens. Gostaríamos, também, de envolver os formandos, formadores e os párocos na nossa vida, formação e missão.
Ao festejar 25 anos da instalação canônica da Vice Província Redentorista da Bahia, esperamos que com o incentivo do Governo Geral e do Conselho da Vice Província Redentorista da Bahia possamos nos animar mais ainda: ser o sal e a luz do numa Igreja “em saída”, em um mundo ferido. Que Nossa Senhora Aparecida, o Perpétuo Socorro do povo brasileiro, nos guie nos caminhos missionários de Santo Afonso e do Cristo Redentor, e nos ajude a colocar a “missão” como a real prioridade em nossa vida.
Salvador, 15 de  outubro de 2017
Participantes da Assembleia:









Loucura Sagrada (Dom Helder Câmara)

Loucura Sagrada (Dom Helder Câmara)

"Sonhei que o Papa enlouquecia
E ele mesmo ateava fogo ao Vaticano
E à Basílica de São Pedro.
Loucura sagrada!
Porque Deus atiçava o fogo que os
Bombeiros, em vão, tentavam extinguir.
O Papa, louco, saia pelas ruas de Roma
Dizendo adeus aos embaixadores
Credenciados junto a ele
Jogando a Tiara ao Tibre.
Espalhando pelos pobres, todos,
O dinheiro do banco do Vaticano.
Que vergonha para os cristãos!
Para que um Papa viva o Evangelho

Temos que imaginá-lo em plena loucura"

Rok maryjny w Brazylii 300 lat Matki Bożej z Aparecidy,

O. Józef Andrzej Grzywacz, CssR
Zobacz również:

Jeżeli chcesz wspomóc działalność misyjną O. Józefa możesz przekazać dowolną ofiarę pieniężną na konto:
 Nazwa konta: Komisja Episkopatu Polski ds. Misji
Konto – PEKAO S.A. I O/ Warszawa
Numer konta: 06 1240 1037 1111 0000 0691 6772
 Tytuł przelewu – Patronat JÓZEF GRZYWACZ

Trzysta lat temu, 12 października 1717 roku, w rzece Paraiba do Sul, w Brazylii, na północ od miasta São Paulo, została złowiona figurka Matki Bożej Niepokalanej, która otrzymała imię Nossa Senhora Aparecida (Matka Boża z Aparecidy). Znajduje się ona w Sanktuarium Narodowym, obsługiwanym przez Misjonarzy Redemprotystów.
Jak wiadomo, w Kościele Powszechnym obchodziliśmy dwa razy Rok Maryjny: 1953/54, ogłoszony przez papieża Piusa XII, i w 1987/88, podczas pontyfikatu Jana Pawła II, kiedy wydał dokument „Redemptoris Mater” – Matka Odkupiciela.
W Brazylii celebrowany jest Rok Maryjny Narodowy po raz pierwszy. W Sanktuarium w Aparecida oraz we wszystkich diecezjach i parafiach świętujemy Jubileusz 300-lecia Matki Bożej z Aparecida. My jako misjonarze redemptoryści, synowie Świętego Alfonsa Liguiriego, który napisał książkę „Chwała Maryi”, tu w naszym Centrum Formacji Misyjnej, w mieście Salvador, przeprowadziliśmy kilka kursów, prelekcji, dni skupienia o tematyce maryjnej. Między innymi: wykłady dla sióstr Karmelitanek w Salvador; dla sióstr Terezjanek w Aracaju, stan Sergipe; rekolekcje parafialne w mieście Mansidão, Santa Rosa, Nova Veneza e Nerópolis, w stanie Goiás; wykłady w Recife, stan Pernambuco; prelekcje okolicznościowe w Salvador w siedzibie wydawnictwa Paulus, wykłady na ETEL w Itabuna i celebracje specjalne podczas Misji Ludowych.
Ostatnią pracą misyjną naszej Ekipy były misje ludowe w parafii Matki Bożej z Boa Nova, w diecezji Jequié, w stanie Bahia, odległym o 480 km od Salvadoru. Przez 9 dni, trzech misjonarzy redemptorystów – Adam Mazur, Jarosław Gruźdź i Józef Grzywacz, oraz cztery misjonarki świeckie – Maria do Carmo, Hilda Maria, Isabel i Celeste, głosiliśmy Słowo Boże w ośmiu wspólnotach tejże parafii. Ewangelizacja dla dzieci, młodzieży, rodzin i małych wspólnot, przedstawienie Kerygmatu, procesje, celebracje w kaplicach i na placach publicznych, odwiedziny chorych i błogosławieństwo domów - oto niektóre działalności, w miejscu gdzie ostatnie Misje Parafialne odbyły się 30 lat temu.
Wprowadzenie i celebracja Nowenny Nieustającej Pomocy odbyło się w każdej wspólnocie. Ikona została podarowana dla każdej wspólnoty i na zakończenie Misji, której przewodniczył ks. Biskup Dom José Ruy Lopes, cała parafia została powierzona Matce Chrystusa.
Rok Maryjny przedłuży się aż do 12 października, kiedy to świętować będziemy święto narodowe Królowej Brazylii. Znany ksiądz Padre Zezninho śpiewa: „Kto jest blisko Maryi, nigdy nie jest daleko od Jezusa”.
Pozdrawiam wszystkich dobroczyńców i dziękuje za modlitwy i pomoc materialną. To właśnie podczas Misji Ludowych, dowiedziałem się, że nasz projekt finansowy został rozpatrzony pozytywnie. Więcej o Misjach Ludowych, o Roku Maryjnym w Brazylii i o Matce Bożej Nieustającej Pomocy w www.mariologiapopular.blogsot.com (link "po polsku").
O. Józef Andrzej Grzywacz, CssR
Zobacz również:

Jeżeli chcesz wspomóc działalność misyjną O. Józefa możesz przekazać dowolną ofiarę pieniężną na konto:
 Nazwa konta: Komisja Episkopatu Polski ds. Misji
Konto – PEKAO S.A. I O/ Warszawa
Numer konta: 06 1240 1037 1111 0000 0691 6772
 Tytuł przelewu – Patronat JÓZEF GRZYWACZ

Carta do padre Geral 300 Anos de Aparecida


Merulana, 31 – 00185 ROMA - ITALIA

West End, 3 de outubro de 2017
A minha alma engradece ao Senhor, e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
porque olhou para a humildade de sua serva. (Lc 1,46-48)

Queridos confrades do Brasil,
Saudações desde Nova Jersey!

Quero saudá-los por ocasião do jubilar tricentenário do encontro da veneranda imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Unidos em Cristo, demos graças ao Pai, que por meio de seu Espírito, deu ao povo brasileiro tão bondosa padroeira. Com espírito filial, elevemos pois nosso reconhecimento e nossa ação de graças pelos 300 anos de bênçãos do Senhor sobre o Brasil.
Meus compromissos com a 3ª fase do XXV Capítulo Geral de nossa Congregação não me possibilitam de estar pessoalmente consigo nestes dias festivos. No entanto, quero que saibam que estou em comunhão com todos os confrades do Brasil, pois é impossível negar a relevância da devoção à Senhora Aparecida na história e missão dos missionários redentoristas no país.
Por isso, neste momento de júbilo, agradeçamos ao Senhor que confiou à nossa Congregação a graça e honra em ser conhecidos como os missionários da Senhora Aparecida. Sabemos que desde 1894 muitos de nossos confrades têm se dedicado a promover a devoção mariana por todo o Brasil; tantos padres e irmãos que transmitiram ao povo o próprio amor que nutriam pela Virgem Aparecida. Recordo-me com emoção a figura do Servo de Deus Vítor Coelho de Almeida, que foi certamente o apóstolo d’Aparecida. Não me esqueço dos confrades que tão diligentemente estão a trabalhar atualmente no Santuário Nacional e nos diversos meios de comunicação interligados, nas equipes de missões itinerantes e noutras frentes que promovem a devoção à Nossa Senhora junto ao povo de Deus. Ao nosso labor ainda estão associados diversos leigos, homens e mulheres de fé e boa vontade, que auxiliam a acolher e evangelizar os devotos da Mãe Aparecida, principalmente no Santuário. A todos, quero expor minhas felicitações e desejar perseverança no serviço por amor.
Gostaria de encorajá-los a continuar tenazes na missão com confiança na maternal intercessão de Nossa Senhora Aparecida. Ele veio ao nosso encontro por meio do sinal da pequena imagem pescada no Rio Paraíba do Sul. Ela quis se encontrar com os pequenos, com os pobres, com os escravizados e marginalizados para que o povo brasileiro se encontrasse com Jesus, nosso Redentor. A Virgem Maria promove o encontro com Cristo, porque ela é a Discípula Missionária por excelência que nos ensina o caminho do autêntico discipulado de Jesus. Animados por seu exemplo e mediação, temos a consciência que nossa missão é compartilhar o “encontro com Cristo, testemunhá-lo e anunciá-lo de pessoa a pessoa, de comunidade a comunidade e da Igreja a todos os confins do mundo” (Documento de Aparecida 145).

É necessário, confrades, que nossa missão evangelizadora ofereça ao povo a possibilidade de um encontro pessoal com Jesus Cristo, como a Mãe Aparecida nos ensina, pois tudo nela se refere e conduz a ele. Consequentemente, é necessário que o processo de conversão pessoal e a mudança integral de nossa vida possam testemunhar que nele a redenção é abundante, uma vez que está a acontecer em nossa vida.
Ademais, o encontro com a Mãe Aparecida é profecia de Deus para todos nós, pois o Senhor faz uma reviravolta em nossas relações humanas, como ela diz em seu cântico: “derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes; encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias” (Lc 1,52-53). Como genuínos filhos de Santo Afonso, grande devoto de Maria, jamais nos esqueçamos que a “tarefa essencial da evangelização, que inclui a opção preferencial pelos pobres, a promoção humana integral e a autêntica libertação cristã” (DA 146).
Por fim, peço-lhes que diante ao trono da gloriosa Rainha do Brasil rezem pela Congregação do Santíssimo Redentor, afim que todos nós, missionários redentoristas, sejamos os fiéis “colaboradores, companheiros e ministros de Jesus Cristo na grande obra da Redenção” (Const. 2). E de onde estiver por estes dias, rezarei por vocês, tendo no coração este refrão: “Salve em vossa imagem, ó grande Rainha, Mãe do Redentor, Mãe de Deus e minha. Salve, Maria, Nossa Senhora, Aparecida, salve!”.
Boas festas a todos! Viva a Senhora Aparecida!
Seu irmão no Redentor,
Michael Brehl, C.Ss.

Cúpula do santuário Aparecida

Historinha dos Santinhoz: Aparições de Fátima

Bibliografia